Total de visualizações de página

sexta-feira, 30 de março de 2012

O Púrpura Outono










O outono trouxe consigo sua angútia púrpura


A fatal e sedutora letargia


Forma-se na frieza


A indecência de um toque gelado


Levando embora os verdes prados


sonhados de outrora


Numa primavera florida



E as paixões dionísicas

Agora deixadas para trás.

Um comentário:

  1. 'Agora deixadas para trás' diz muito.

    Muito bom o poema!

    ResponderExcluir